PARA TODOS OS NEGÓCIOS

Grande Vitória tem salas comerciais em localizações diversas

18/07/2019

O mercado imobiliário apresenta sinais positivos em 2019. Especialistas indicam que é perceptível o aumento da venda de imóveis comerciais na Grande Vitória, comparada aos últimos anos. Após a crise econômica, a redução das taxas de juros e a elevação do número de empregos interferem diretamente no cenário.

Dados oficiais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) revelam que o Brasil

criou 529,5 mil empregos no ano de 2018.É a primeira melhora dos últimos três anos e o melhor saldo dos últimos cinco anos.

"Tudo isso faz com que a economia volte a girar. A perspectiva de crescimento faz que as empresas pensem na expansão" , ressalta Gustavo Figueiredo, diretor da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Espírito Santo (Ademi-ES).

É maior a procura por imóveis comerciais nas regiões consolidadas da cidade, que possuam grande oferta de serviço. É o caso dos bairros Enseada do Suá, em Vitória, e Praia da Costa, em Vila Velha. "O entorno dos shoppings centers costuma ser valorizado. Afinal, envolve a movimentação dos restaurantes, academia supermercado, padaria, entre outros", comenta Gustavo Figueiredo.

Durante o processo de busca do empreendimento ideal, a localização torna-se a principal exigência dos compradores que procuram opções comerciais. "Eles analisam a regularização dos imóveis. Também observam a quatidade de vagas na garagem", destaca Samir Ginaid, diretor comercial da Lorenge. A capacidade de infraestrutura é outro fator levado em consideração.

Para quem procura imóvel em Jardim Camburi, uma das opções é o Lorenge Unique Corporate, que conta com salas comerciais, a partir de 27m², com valor promocional de R$ 165mil. A metragem das lojas varia entre 73m² e 137m².

Já para quem busca alternativas na Enseada do Suá, em Vitória, a Morar Construtora apresenta o Vértice Empresarial Enseada. Próximo à Terceira Ponte o empreendimento tem três lojas e 172 salas com tamanho diferenciados, entre 33m² e 751m², a partir de R$ 298.170. Há opções para comprar e para alugar.

No mesmo bairro, a Grand Construtora aposta no Edifício Prime Office, a partir de R$ 219,9mil. As salas do empreendimento possuem até 33,56m², compostas por banheiro e copa.

Na Praia de Itaparica, em Vila Velha, a Barbosa Barros Construtora possui unidades disponíveis para venda no Royal Blue Corporate, com metragem de 30m². As salas comerciais custam a partir

de RS 160 mil.

Na Serra, a Morar Construtora apresenta o Essencial Escritórios, em Colina de laranjeiras. Com 13 pavimentos, tem salas e lojas com área a partir de 33,92m², disponíveis para compra e aluguel, a partir de RS151,9 mil.

No mesmo município, a Sá Cavalcante Construtora tem o Centro Empresarial Shopping Mestre Álvaro. Possui 154 espaços moduláveis em duas torres, área privativa de 32,44m² a 43,52m², a patir de RS 185,8 mil. O empreendimento conta com lobby de entrada decorado, equipado com controle de acesso e wi-fi.

Em Alto laje, Cariacica, a Proeng também apresenta o Meridional Hotel Offices e Mall com metragem de 32,54m², a partir de RS 167mil. Com 19 pavimentos, o empreendimento tem espaços corporativos personalizados para escritórios de advocacia, contabilidade e para especialidades médicas.