A tendência de ‘compartilhar’ também invade os empreendimentos

Bike sharing, coworkings, serviços e espaços compartilhados que ajudam na mobilidade urbana, contribuem com o meio ambiente e reduzem custos

16/08/2019

Economia colaborativa é a nova tendência que está cada vez mais fazendo a cabeça das pessoas que desejam comprar um empreendimento. Em Vitória, está cada vez mais possível. A ideia de um consumo mais consciente, além de ser uma forma de economia em tempos de crise, é a nova aposta na construção civil.

Seguindo essas tendências, a Mivita Construtora reúne o que há de mais moderno em tecnologia e sustentabilidade, sempre preocupados com o bem-estar das pessoas, em seu primeiro empreendimento, o ‘Inside Jardim da Penha’.

O ‘Bike Sharing’, um bicicletário que é disponibilizado pelo condomínio, permite que os condôminos compartilhem bicicletas entre si, sem qualquer custo. Uma tendência em mobilidade urbana que se preocupa com o meio ambiente.

Outra inovação é o espaço ‘Coworking’. O edifício vai contar com uma ampla sala equipada com mesas, cadeiras e espaço para reunião. Ou seja, um ‘home office’ no prédio a serviço dos moradores e no qual eles vão compartilhar, realizar negócios, reuniões, e outros.O empreendimento terá ainda, entre seus diferenciais, garagens estruturadas para recarga de carros elétricos, tendência mundial que vem ganhando cada vez mais adeptos no Brasil. Essas garagens também serão compartilhadas entre os moradores, para que todos que possuem carros elétricos possam recarregar seus automóveis.

Assim como as placas fotovoltaicas para produção de energia solar que será usada para as necessidades das áreas comuns do edifício, o que resultará na economia do valor do condomínio que é compartilhada igualmente para todos os moradores.

De acordo com o engenheiro da Mivita, André Pretti, a tendência de produtos e espaços para compartilhar já é realidade da construção civil moderna que pensa em um estilo de vida pautado na sustentabilidade, na mobilidade, sempre pensando no bem-estar das pessoas e com soluções e tecnologias para facilitar o dia a dia da vida urbana.

A Lorenge também investe nesta tendência. A construtora apresenta o empreendimento Facilità Camburi, que é inédito no Espírito Santo no conceito de prédio exclusivo para locação.

O empreendimento contará com lavanderias coletivas, academia, bike sharing e ponto elétrico para carros. Esses serviços compartilhados são adaptados para uma geração que busca espaços menores para se viver, como forma de consumo inteligente e sustentável.“A concepção do empreendimento é fazer um meio termo entre a locação residencial com a hotelaria. Com isso, esse tipo de imóvel passa a ser a solução para quem pretende locar por um tempo determinado, se livrando da necessidade da compra de mobília e da manutenção com limpeza, por exemplo”, explica o diretor comercial da Lorenge, Samir Ginaid.

“Compartilhar é também conectar e a ideia de dividir espaços tende a aproximar ainda mais as pessoas”, completa Samir Ginaid.

Fonte: https://esbrasil.com.br/tendencia-de-compartilhar-empreendimentos/