você sabe o que significa este selo?

Para a Lorenge, é a confirmação de que temos uma sede sustentável, em equilíbrio com o meio ambiente, que oferece bem-estar a colaboradores e clientes.

Para você, significa contar com uma empresa que entrega produtos de qualidade e cada vez mais comprometida com a casa onde vivemos.

A sede da Lorenge é a única obra no estado totalmente construída dentro de rigorosos padrões internacionais de sustentabilidade.

Consideramos que o mais importante é criar uma relação equilibrada entre o meio ambiente e o que fazemos.

O que é
leed®?

É um sistema internacional desenvolvido para orientação e certificação de construções sustentáveis. É utilizado em mais de 143 países e é a ferramenta mais reconhecida e a que mais cresce no mundo.

Atualmente p Brasil é o 4º país com maior número de registros no ranking mundial e a Lorenge se orgulha em contribuir para esta marca expressiva.

quais os benefícios?
ambiental
social
econômico

como funciona a certificação

dimensões avaliadas

o que faz da sede lorenge um edifício sustentável?

Eficiência energética

  • Utilização de ar condicionado eficiente tipo VRF, que varia a capacidade/potencia de acordo com a necessidade do ambiente;
  • Utilização de luminárias com tecnologia LED e sistema DALI que dimeriza o fluxo luminoso automaticamente;
  • Uso de sensores de presença, movimento e infravermelho em todos os ambientes para acionamento das luminárias;
  • Fachada com vidros que auxiliam a entrada de luz natural e fazem barreira para o calor externo;
  • Redução de 30% do consumo de energia elétrica, baseando-se em simulação que compara o projeto com modelo tradicional de construção e o que está construído.

Economia no consumo de água

  • Aproveitamento de água de chuva nos vasos sanitários, mictórios, torneiras de jardim e lavagem de garagens e carros;
  • Cisterna para água pluvial com capacidade de 45.000 litros, representando o consumo de aproximadamente 60 dias nos pontos citados;
  • Uso de metais (torneiras e válvulas) economizadores;
  • Uso de restritores de vazão (todas as torneiras)
  • Paisagismo com espécies nativas e adaptadas que requerem pouca água.

Conforto e bem estar dos usuários

  • Maximização de espaços abertos - postos de trabalho no modelo open space;
  • Vistas desobstruídas para paisagem externa, incluindo a Terceira Ponte e o Convento da Penha;
  • Localização privilegiada, com serviços e comércio nas proximidades;
  • Facilidade de acesso;
  • Lazer e refeitório na cobertura,
  • Conforto térmico e acústico;
  • Bicicletário como incentivo à utilização de transporte alternativo;
  • Vagas de automóveis diferenciadas, com incentivo à carona solidária e ao uso de veículos eficientes.

Durante a Obra

  • Uso de materiais com baixa emissão de compostos orgânicos voláteis (prejudiciais à saúde);
  • Controle, segregação e destinação adequada dos resíduos;
  • Uso de materiais com conteúdo reciclado e de procedência regional;
  • Prevenção da poluição causada pela obra, com lavagem das ruas, isolamento do canteiro de obras e utilização de lava rodas para caminhões.